Posted on

Projeto de interiores mescla arquitetura neoclássica com mobiliário contemporâneo

arquitetura | Gabriela Casagrande

 

O escritório Gabriela Casagrande Arquitetura, comandado pela arquiteta Gabriela Casagrande, sediado na cidade de Curitiba, no Paraná, assina projeto em São Paulo, para um jovem casal que inicia uma vida lado a lado

 

Com piso em madeira e paredes em tons neutros, os espaços possuem aberturas que iluminam o ambiente naturalmente, bem como trazem a vista da “Terra da garoa”. O estilo neoclássico presente nas esquadrias e rodapés contrastam com a escolha contemporânea do mobiliário, e os tons neutros do apartamento são quebrados pelos tons vivos dos detalhes.

 

 

Logo na entrada do apartamento, o destaque fica por conta de aparador, revestido em laca cinza clara, com gavetas que parecem flutuar. O móvel minimalista é sobreposto por uma obra de arte na cor dourada, composta por finos perfis metálicos que raiam como o sol. “Além de enfatizar o estilo clean do design, introduz uma paleta de cores quente ao ambiente, contrapondo a atmosfera fria já existente”, comenta Gabriela Casagrande

 

 

Em frente ao aparador, uma mesa de sinuca finalizada em laca branca é ponto focal do living. Revestida por lã na cor bordô, a peça traz aconchego ao espaço. Ao seu lado, fica a sala de TV, com sofá em linho off-white e almofadas, também em linho e couro, na cor laranja. “Objetos decorativos como livros, cachepots e esculturas também possuem tons quentes, dando continuidade ao sentimento de calor previamente criado” explica a arquiteta.

 

 

 

As poltronas, em couro marrom, trazem uma atmosfera mais sóbria para o ambiente, somando-se à mesa de apoio, em madeira e alumínio, na cor preta. Em contraposição, o bar, também finalizado em laca branca, e as banquetas, em palhinha e madeira de tom mais claro, conferem leveza e frescor ao espaço.

 

 

Já a sala de jantar é composta pela mesa, em madeira e laca branca, e cadeiras também em madeira e linho cinza claro. O buffet, mais um móvel finalizado em laca branca, segue a atmosfera originalmente fria, que acaba sendo mais uma vez quebrada pela obra de arte, na parede acima. “Um dégradé de bordô, dourado e branco remete aos objetos decorativos dos espaços ao lado e à mesa de sinuca, complementando o living perfeitamente”, finaliza a profissional.

 

 

Por fim, há uma integração entre interior e exterior, com amplas vistas da capital, que se tornam parte do ambiente. O tumulto da cidade, no entanto, é mantido paredes afora, e a atmosfera acolhedora do apartamento se torna um oásis em meio ao caos.

 

 

fotos | Thiago Travesso

Deixe um comentário

Your email address will not be published.
*
*